Blog - Now Logistics Group

Radar de Importação: Você conhece?

17/10/2018 | 12:00 O que é radar de importação?

O Radar de importação conhecido também como Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros, foi disponibilizado em 21 de agosto de 2001, para todas as unidades aduaneiras da SRF. Este se trata de um Sistema da Receita Federal que permite que pessoas físicas ou jurídicas possam importar, logo depois do envio e aprovação dos documentos.

Quando uma empresa decide importar ou exportar para expandir seu negócio, é viável ressaltar que a mesma deva ter em vista um planejamento rigoroso e está atuando com profissionais qualificados para realizar os procedimentos, para não haver perda de tempo e capital ao lidar com sistemas como o RADAR, que possuem uma certa burocracia.

Para a habilitação, de acordo com a IN 1288, o prazo de análise é de 10 dias após protocolo, quando realizados por profissionais qualificados, sem divergências o processo pode sair antes da data prevista.

Caso a empresa ou pessoa física for aprovada, ela é habilitada para utilizar o SISCOMEX (Sistema Integrado de Comércio Exterior). Sem o registro do Radar, não é possível realizar qualquer operação de importação ou exportação, salvo para importações de até 3 mil dólares (USD). Este possui modalidades na qual sua empresa ou microempresa deva se encaixar, essas modalidades são avaliadas por um auditor da Receita Federal, com base no porte da sua empresa, caso você escolha uma modalidade que não se encaixe com a modalidade correta da sua empresa, sua solicitação será indeferida.

O Radar possui uma validade de 18 meses, durante esse período, há uma obrigatoriedade de realizar alguma operação, caso contrário, seu RADAR perde a validade.

Por isso é de extrema importância que essa atividade seja feita por um profissional que já possua experiência de mercado como despachante aduaneiro, para que não haja nenhum contratempo, evitando transtornos futuros.


© 2018 - Now Logistics Group