Blog - Now Logistics Group

Vantagens de ser uma empresa exportadora

19/12/2018 | 11:00 Vantagens de ser uma empresa exportadora

Em um país cuja a economia é instável, como o Brasil, quando alguém decide empreender de alguma forma, sempre há uma pequena insegurança de que todo seu negócio pode ir por água abaixo, para quem decide exportar não é muito diferente.


Há muitas pessoas que possuem medo de iniciar os processos de exportação, por achar esses burocráticos ou até mesmo que não valerá a pena o investimento, pensando nisso, listamos abaixo as vantagens de ser um exportador atualmente.

Aumento mercadológico

Ao iniciar o processo de exportação à empresa tem acesso a novos mercados e clientes, obviamente pode levar algum tempo para ser reconhecida no mercado, mas a tendência é que a demanda dos produtos aumente. Além disso o ponto positivo nisso tudo é que a empresa não se torna dependente de datas sazonais, o que faz com que a empresa tenha um lucro continuo.

Mais Produtividade

Uma empresa que possui grande demanda precisa produzir cada vez mais, se a empresa não é ociosa no mercado, fará com que sua produção seja cada vez maior e melhor, obviamente tudo deve ser analisado e estudado para que não haja perdas. Com a grande produção, há uma busca maior por matérias primas, aumentando o poder de negociação, dessa forma o custo de fabricação diminui, aumentando a margem de lucro.

Competitividade

Quando uma empresa decide exportar ela deve fazer algumas adaptações para atender as necessidades desse novo mercado, adaptações essas que trazem melhorias a mercadoria exportada, à destacando no mercado interno e trazendo melhorias na gestão, além de agregar mais valor à marca. Tornando a empresa diferenciada e fazendo com que ela ganhe concorrentes internamente e externamente.

Incentivos Fiscais

A empresa exportadora possui alguns benefícios fiscais que garantem preços menores aos produtos comercializados internacionalmente

• IPI e ICMS: os impostos sobre artigos industrializados e sobre circulação de mercadoria não incidem sobre as exportações;
• PIS e COFINS: as receitas obtidas com itens exportados são livres de contribuição para o programa de integração social e para o financiamento da seguridade social;
• IOF: as operações de câmbio referentes à exportação de produtos não sofrem tributação do imposto sobre operações financeiras.

Ao se tornar uma empresa exportadora, seu posicionamento muda tendo em vista as exigências dos compradores no exterior, a sua marca se torna referência no mercado, além de gerar novos postos de trabalho já que ocorre um aumento na produção. Quando uma empresa passa a exportar as melhoras são evidentes em vários setores de forma gradativa.

Deseja saber como iniciar os processos de exportação e mudar completamente a imagem de como sua empresa é vista no mercado, entre em contato conosco.

© 2018 - Now Logistics Group